Ajudada pela comunidade, escola de Nova Prata recebe diversas melhorias

29/05/2020 20:09:17 alterado em 29/05/2020 20:15:19


O Instituto Estadual de Educação Tiradentes, em Nova Prata, que completa 91 anos de fundação em 2020, passou por uma série de reformas desde 2018. E, para isso, além do aporte de R$ 1,2 milhão proveniente do Estado para a troca de fiação elétrica, telhado, piso e melhorias nas salas de aula, contou com uma ajuda muito importante da comunidade para proporcionar melhores condições de trabalho aos professores e aos próprios alunos. No total, o Círculo de Pais e Mestres (CPM) arrecadou mais de R$ 157 mil com promoção de jantares, festivais e eventos nos últimos dois anos. A escola conta com mais de 800 alunos matriculados na Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, EJA e Curso Normal.

- Nosso trabalho é em parceria com a direção e o objetivo principal é valorizar nossos alunos num espaço com acomodações adequadas, garantindo um aprendizado com qualidade. Tentamos fazer a diferença diante do cenário da educação pública em nosso país, que enfrenta dificuldades principalmente no que se refere a estruturas físicas. Nosso objetivo é valorizar cada espaço de nossa escola - aponta a presidente do CPM, Alexandra Castioni, que é mãe de Laura Castioni Paloschi, 14, e de Rafael Castioni Paloschi, oito.

Só no ano passado, o CPM investiu mais de R$ 120 mil em obras na escola. Em 2020, o investimento foi de mais de R$ 37 mil. Os recursos foram usados para reformar a cozinha e os refeitórios e para a troca do prédio da direção, que ficou de fora do projeto do Estado. Também houve investimentos na biblioteca, em climatizadores e lavanderia. Recentemente, foi realizada uma pintura no auditório e em toda a parte de alvenaria, bem como o chão do pátio, para incentivar o lado lúdico das crianças. O diretor Silvano Marchetti ressalta que o engajamento dos pais e da comunidade escolar foi essencial para as melhorias:

- Temos um CPM muito engajado e nós, da direção, damos total autonomia para que eles possam trabalhar. Incentivamos também os pais e alunos a contribuírem com mensalidades espontâneas, mostrando a eles onde esse dinheiro é investido. Fizemos tudo isso com muita transparência, e estamos obtendo um bom retorno.

As demandas em escolas públicas são muitas e quase sempre os recursos não são suficientes. Por isso, conforme Marchetti, o investimento foi feito em reformas essenciais.

- Na nossa região faz muito frio no inverno e muito calor no verão. Isso demandava estufas e ventiladores que, no final das contas, representavam pouco resultado prático e muitos gastos com manutenção. Aí veio a ideia de equipar todas as 17 salas e o laboratório de ciências com climatizadores.

No começo do ano, a escola também teve investimentos na parte pedagógica, com a contratação de uma profissional para prestar assessoria à equipe de professores, funcionários e direção. A atividade, no entanto, acabou suspensa em razão da pandemia de coronavírus. Além disso, foram instaladas câmeras de vigilância internas e externas, num total de 30 pontos de observação.

As reformas no Instituto Estadual de Educação Tiradentes em Nova Prata começeram no segundo semestre de 2018, com aportes em torno de R$ 1, 2 milhões, provenientes do Governo do RS. O valor foi destinado para a troca da fiação elétrica, do tellhado e de reformas em algumas salas de aula, com a troca do piso. O Instituto Tiradentes é uma das maiores escolas da região de abrangência da 16ª Coordenadoria Regional de Obras Públicas (Crop). A instituição que completa 91 anos em 2020, conta com mais de 800 alunos matriculados na educação infantil, ensino fundamental, médio, Eja e Curso Normal. Entretanto, ainda era preciso proporcionar melhores condições de trabalho aos professores e os alunos precisavam estar inseridos num ambiente favorável a aprendizagem. Para isso, a direção da escola contou com recursos arrecadados pelo Círculo de Pais e Mestres (CPM) para promover melhorias no colégio. Os valores foram levantados pelos pais junto à comunidade com promoção de jantares, festivais e eventos.

O próximo foco do CPM e da direção em investimentos na Tiradentes será em projetores fixos, com sinal de internet, para todas as salas de aula. Com isso, a ideia é facilitar as pesquisas e diversificar a metodologia de trabalho dos professores. Dois aparelhos, além de livros, foram doados mediante emenda de dois vereadores da cidade. Além disso, outra vereadora está em busca de recursos por meio de outra uma emenda impositiva, cujo aporte é de R$ 8 mil.

- Já temos seis salas contempladas com os projetores, mas a meta é atingir todas até o final deste ano. Temos que considerar que os alunos são altamente adeptos a novas tecnologias e nós entendemos que os projetores podem facilitar isso, ao mesmo tempo que ajudam na aprendizagem - diz Marchetti.

E os planos não param por aí. Para o próximo ano, o diretor prevê reformas nas duas quadras esportivas do ginásio, o que demandaria um investimento na casa dos R$ 20 mil. Para angariar o dinheiro necessário, a ideia é a mesma:

- Trabalhamos em sintonia com o CPM e vamos atrás de recursos. Sabemos que isso dá muito trabalho, mas é desse modo que conseguimos melhorar cada vez mais a realidade da escola.





Fotos: Jeferson Fróes / Jornal Correio Livre
Texto por Aline Ecker 
Fonte Jornal Poneiro

1 imagens inseridas

 

Radio Ativa FM - Nova Prata - RS

Uma rádio de verdade!

Saiba mais...
Onde estamos?

Av. Presidente Vargas, 1690, sala 04 | São Cristóvão | Nova Prata - RS

Social